top of page
Obras na Estação de Tratamento de Esgoto do Una beneficiarão cerca de 90 mil paraenses

22/05/2024

Obras na Estação de Tratamento de Esgoto do Una beneficiarão cerca de 90 mil paraenses

Foto: Agência Pará

Com mais de 80% dos serviços concluídos, as obras na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Una, em Belém, a maior do Estado, avança para a etapa final. O aumento da rede de saneamento, executado pela Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), vai beneficiar cerca de 90 mil habitantes da capital e contará com a capacidade para tratar 475 litros de esgoto por segundo.

Segundo o coordenador de obras de saneamento da empresa contratada para execução dos serviços, engenheiro civil Diogo de Figueiredo, as obras estão em fase de montagem final da linha de escoamento, que interliga as unidades da estação. “Essa é a primeira estação de tratamento completa do Pará, onde estamos fazendo o tratamento total do esgoto, desde a parte primária, o processo físico, depois do tratamento biológico e o químico, retornando o efluente 100% tratado, com 99% de material orgânico excluso de volta para o meio ambiente e sociedade, como se fosse uma água bruta”, informa. 

A obra prevê também a implantação de unidades de tratamento preliminar com gradeamento, peneira e caixa de areia, câmaras para tratamento físico-químico e desinfecção do efluente, além de adaptações das instalações existentes para o recebimento do gradeamento mecanizado (tratamento preliminar) e também a implantação das esteiras do gradeamento mecanizado. Assim como a construção da elevatória de lodo, adequações do projeto hidromecânico, das instalações elétricas e do sistema de automação. Cerca de 50 funcionários trabalham, atualmente, na obra.

Para a engenheira química e gerente das Estações de Tratamento de Esgoto da Cosanpa, Tatiana Oliveira, a obra vai evitar que esses efluentes voltem à natureza e possam impactar os corpos hídricos. “O trabalho é feito para reduzir as cargas orgânica e microbiológica presentes nos efluentes, porque, sem tratamento, a água poluída pode trazer várias doenças e impactar na saúde pública e no meio ambiente. A obra é para garantir a preservação desses recursos hídricos e o nosso trabalho assegurará que toda a estrutura estará operando dentro dos padrões e legislação, sem causar impactos”, pontua.

Conforme o presidente da Cosanpa, José Fernando Gomes Júnior, a ETE UNA “é uma prioridade para a Cosanpa, pois reconhecemos a importância desse projeto para a saúde e o bem-estar da população. Essa será a maior Estação de Tratamento do Estado, por isso, estamos comprometidos em garantir que toda a estrutura opere dentro dos mais altos padrões, contribuindo também para um futuro mais sustentável para nossa comunidade”.

A Estação de Tratamento de Esgoto do UNA está localizada na Av. Arthur Bernardes, s/n, no bairro do Telégrafo.

bottom of page